Novidades


29/12/16

COOPERAÇÃO TÉCNICA

COOPERAÇÃO TÉCNICA

Fundação do Câncer, UERJ e CONTER certificam 20 especialistas em Radioterapia

Enfim, especialistas! A Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) certificou os 20 primeiros Técnicos e Tecnólogos em Radiologia capacitados pela Fundação do Câncer dentro do Programa Nacional de Formação em Radioterapia.  Agora, esses profissionais serão reconhecidos pelo CONTER e estarão prontos para atender a população de 63 municípios, em 23 estados, que fazem parte do Programa de Expansão da Radioterapia no SUS.

Para saber como participar do programa, clique aqui

O tecnólogo Edson Santos Silva, de 36 anos, participou da especialização e comemora a formatura. "Concluir este curso representa, para mim, ter acesso a conhecimentos que vão permitir a excelência do meu trabalho. As disciplinas de física das radiações e radiobiologia fizeram a diferença", assegura.

A técnica em Radiologia Midiã de Souza Moreira, de 32 anos, também recebeu o diploma e acredita que a formação vai mudar a sua carreira profissional para sempre. "Sinto-me grata por poder aprender tanto. Essa especialização vai permitir o aperfeiçoamento da minha prática e a humanização do meu atendimento aos pacientes", considera.

A técnica Midiã recebe o certificado da presidente do CONTER, Valdelice Teodoro

Os 20 alunos fizeram o curso de especialização em Radioterapia no Rio de Janeiro. Cada um deles recebeu uma bolsa de estudos de R$ 2 mil para custear transporte, alimentação e moradia, além das passagens de ida e volta para casa.

A formação dos especialistas é resultado da cooperação técnica entre a Fundação do Câncer, a UERJ e o CONTER. Dentro do Programa de Expansão da Radioterapia no SUS, ainda está prevista a formação de mais 60 Técnicos e Tecnólogos em Radiologia.

Professores e membros do comitê científico assistem à cerimônia de formatura

A presidente do Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (CONTER), Valdelice Teodoro, comemora o resultado e anuncia a oportunidade para mais 60 profissionais. “Eu trabalhei por mais de 20 anos na área da Radioterapia e estou especialmente emocionada com essa formatura, pois ela representa o nosso esforço coletivo para atender bem os pacientes com câncer. Em 2017, vamos formar mais três turmas de especialistas e dar um salto de qualidade ainda maior”, garante.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), mais de 600 mil pacientes vão receber o diagnóstico da doença em 2017. Todos eles têm o direito de receber atendimento gratuito pelo SUS. Portanto, o Ministério da Saúde deve assegurar o cronograma de formação dos novos profissionais, para garantir o funcionamento dos serviços públicos de Radioterapia.

O CONTER parabeniza cada um dos(as) primeiros(as) especialistas(as) em Radioterapia formados(as) pela Fundação do Câncer:

Edson Santos Silva
Fabiana da Silva Macedo Olímpio
Felipe Roberto Santos
Jaqueline dos Santos
Júlio César Costa Santiago
Kelly Pereira da Silva
Letícia Ponce Rodrigues
Lucas da Silva Moreira
Maria Cristina Leal Neves Martins
Midiã de Souza Moreira dos Santos
Monique Lima Agra
Paulo Victor de Araújo Silva
Pedro Frederico Hammes Gonçalves
Priscila Lima Paulo
Raimundo Santos Costa Júnior
Silvana Reis Silva
Thamires Paulino do Nascimento
Thayanne de Souza Cordeiro
Tolentino Ferreira Muniz Filho
Vanessa Favere Figueiredo