Novidades


14/11/16

AUTORIA DO CRIME

AUTORIA DO CRIME

CONTER entra com representação criminal para identificar autores de crimes virtuais

O Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (CONTER) entrou com uma representação criminal para identificar a autoria de uma série de mensagens falsas, calúnias e difamações publicadas no WhatsApp e no Facebook para denegrir a imagem da instituição e de seus diretores.

Essa prática covarde tem causado desinformação e imensos prejuízos para a categoria, que vive atormentada por perfis falsos e números desconhecidos, usados por pessoas anônimas, que se infiltram nos grupos de discussão online para atacar a honra da instituição e seus representantes, sem provas ou com a utilização de documentos falsos.

As pessoas por traz desses ataques precisam ser identificadas, pois estão cometendo crimes e causando o sofrimento de pessoas inocentes. Nas mensagens, chega a aparecer o nome de um ex-funcionário do CONTER, que sofreu um acidente há mais de três anos, está em coma e nem pode se defender.

As publicações utilizam linguagem vulgar, obscena e odiosa para falar de condenações que nunca aconteceram e de um suposto afastamento da diretoria do CONTER que nunca existiu para, consequentemente, causar instabilidade e desinformação.

A presidente do CONTER, TR. Valdelice Teodoro, esclarece que, em mais de 30 anos de vida pública, nunca sofreu uma condenação por improbidade administrativa, corrupção ou algo do tipo. “O CONTER sofre rigorosa fiscalização do TCU, nossas contas estão todas aprovadas. Anualmente, realizamos auditoria interna independente, para mostrar a nossa responsabilidade fiscal. Não há nada que desabone a nossa conduta”, assegura.

Se você é profissional das técnicas radiológicas, tem compromisso com a ética e também não concorda com esse tipo de conduta, nos ajude a identificar quem age de maneira criminosa para denegrir a imagem da categoria. Informações, denúncias e dados sobre essas violações podem ser enviadas pelo e-mail ouvidoria@conter.gov.br.