Novidades


09/10/14

FISCALIZAÇÃO

FISCALIZAÇÃO

CRTR/DF denuncia hospital goiano ao Ministério Público por irregularidades flagrantes e assédio moral contra profissionais da Radiologia


Após várias notificações e poucas respostas, o Conselho Regional de Técnicos em Radiologia da 1ª Região (CRTR/DF) resolveu encaminhar denúncia ao Ministério Público Estadual (MPE) contra o Hospital Municipal Bom Jesus, que fica em Águas Lindas/GO, no Entorno de Brasília.


Além de manter os profissionais da Radiologia com salário irregular, de apenas R$ 800, o estabelecimento ainda tem uma série de outras irregularidades, como ausência de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), sala de Radiologia completamente fora das determinações técnicas e falta de dosímetros.


A denúncia junto ao MPE surge como única alternativa para o CRTR/DF, uma vez que o descaso com os profissionais das técnicas radiológicas ocorre há mais de um ano. Responsável pela fiscalização no local, a agente fiscal Eliana Martins lamenta que seja necessário chegar a esse ponto. Entretanto, acredita que, diante da indiferença do hospital, a medida foi o melhor recurso para resguardar a saúde e os direitos de Técnicos, Tecnólogos e pacientes.


“Em princípio, orientamos os profissionais para que eles comunicassem as irregularidades aos gestores. Como nada foi feito, encaminhamos o caso para a Superintendência de Vigilância em Saúde de Goiás e para o MPE. A partir daí, podemos firmar até mesmo um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em defesa da classe”, explica. 


A prefeitura de Águas Lindas chegou até mesmo a instalar um mamógrafo no hospital, mas não conta com exaustor na sala. Já na sala de raios X, o exaustor que existe é de cozinha e o clima é insuportável para os profissionais e pacientes. 



Jurisdição

Apesar de estar em território goiano, o CRTR/DF possui autonomia para fiscalizar as regiões do Entorno do Distrito Federal.  Municípios de Goiás como Abadiânia, Águas Lindas, Alexânia, Cabeceira, Cidade Ocidental, Cocalzinho, Corumbá, Cristalina, Formosa, Luziânia, Mimoso, Novo Gama, Padre Bernardo, Pirenópolis, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto e Vila Boa estão na rota de fiscalização. Além deles, Buritis e Unaí, ambos de Minas Gerais, também são de responsabilidade do Regional.


FONTE: CONTER