Novidades


11/08/14

TRABALHO DURO

TRABALHO DURO

Segundo a CONAFI, em 2013, a fiscalização do Sistema CONTER/CRTRs chegou a 2.337 cidades, alcançou 33.240 profissionais e 7.440 estabelecimentos


Em 2011, a fiscalização dos Conselhos Regionais de Técnicos em Radiologia (CRTRs) chegou a 1.612 cidades. Em 2012, 1.733 municípios foram fiscalizados. Em 2013, com o reforço dos mutirões de fiscalização realizados pela CONAFI, os números permitem constatar que o alcance do trabalho foi 25,8% maior.


De acordo com o Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (CONTER), as principais irregularidades constatadas pela fiscalização são o exercício ilegal da profissão, acobertamento de pessoas sem habilitação legal e falta de indicação do Supervisor de Aplicações das Técnicas Radiológicas (SATR). “Esses são os principais desafios que devemos enfrentar. Precisamos garantir que nossas fiscalizações passem a ter, cada vez mais, um caráter educativo, capaz de transformar a realidade”, afirma Antônio Ubirajara Velho Gomes Jardim, presidente da CONAFI.


Para a supervisora fiscal Luciene Maria do Prado, a presença das equipes de fiscalização é indispensável para manter o controle jurisdicional da profissão e proteger a sociedade da ação de leigos. “O emprego da radiação ionizante requer a observação de diversos requisitos de segurança e protocolos de operação. Sabemos que a situação ideal é uma utopia. Principalmente, num país continental como o Brasil. Contudo, estou certa de que a atuação dos nossos fiscais tem ajudado a garantir a segurança da maioria da população”. 


FONTE: CONTER